domingo, 11 de julho de 2010

VD_181

2 comentários:

refemdabd disse...

Continuo à espera de uma compilação em livro destas fabulosas tiras. Até lá, continuarei a vir aqui, pois está claro.

Um reparo apenas: não são férias conforme são férias para os trabalhadores em geral. São férias judiciais, isto é, os tribunais não recebem processos e não há julgamentos. Mas férias, de facto, não são. Os magistrados e advogados não vão de férias, continuam a trabalhar para conseguir resolver processos que de outra maneira demorariam muito mais tempo a serem resolvidos. A minha mulher, mesmo de férias efectivas com a família (que apenas podem ser gozadas dentro do período das férias judiciais), não deixa de trabalhar um único dia, pelo menos uma hora, para conseguir abreviar processos.

Kássia Kiss disse...

Adorei os seus cartoons. Pode contar comigo como sua "fiel" ;) seguidora. E admiradora!